Emergencia
espacoAtendimentos RegistradosespacoArmas ApreendidasespacoForagidos RecapturadosespacoVeículos RecuperadosespacoFale Conosco
 

 

 

 

Projeto social da Polícia Militar valoriza atividades extra-curriculares em escolas da zona Sul de Porto Velho

Projeto-PM-na-escola-20-10-2017-Fotos-Jeferson-Mota-1-14Cabo Macêdo orienta alunos - Nas segundas, quartas e sextas-feiras o projeto Polícia Militar na Escola, executado pelo 1º BPM atende os alunos da Escola Estadual Bela Vista, no bairro Conceição, em Porto Velho. São atividades que envolvem a Hora Cívica, palestras, brincadeiras e esportes nas modalidades de handebol, taekwondo e jiu-jitsu.

Os policiais chegam cedo à escola e esperam os alunos no portão de entrada para iniciar o diálogo que visa principalmente mantê-los afastados das drogas e da violência da cidade.

Nos dias de realização do projeto, os alunos cantam os hinos nacional e de Rondônia, entram e saem de forma direto para as salas de aulas. “Todo esse nosso trabalho impede situações de ociosidade, antes eles ficavam dispersados no pátio da escola e hoje se organizam para a hora cívica”, destacou o subtenente Nascimento, do 5º Batalhão de Polícia Militar, responsável pelo projeto PM na Escola.

O cabo Wilson Oliveira Macêdo criou o segundo passo do projeto PM na Escola que foi a escolha do chefe de turma. Esse líder organiza a turma no pátio em fileiras e depois segue com eles com muita disciplina e respeito até as salas de aulas. Quando a professora entrar na sala a turma que está organizada e é apresentada para início das atividades educativas.

A chefe de turma Ana Beatriz Estevão, 15 anos, aluna do 9º ano, disse que o projeto da PM foi um incentivo a educação e disciplina na escola. Segundo ela, as atividades melhoraram muito e também o comportamento de alguns colegas.Projeto-PM-na-escola-20-10-2017-Fotos-Jeferson-Mota-1-3

Ana Beatriz, chefe de turma ajuda na disciplina

Maria Eduarda, 14 anos, cursa a 8ª série C, contou que não queria nem ouvir falar em PM na escola e que o seu pelotão se recusava a fazer a Hora Cívica, muitas vezes por preguiça e malandragem de alguns colegas. Mas aos poucos ela contou que eles foram conhecendo e gostando do projeto.

Quando questionada sobre o que mais gosta de fazer, ela revelou que adora o grito “8º C, 8º C prontos para missão o povo de Rondônia está em nosso coração”. O grito foi escolhido em sala de aula com a participação de todos os alunos do 8º C, aqueles mesmos que se recusavam a fazer a Hora Cívica.

Atualmente o projeto PM na Escola funciona em quatro unidades de ensino, sendo três na zona sul que são: Escola Bela Vista e Escola Vicente Salazar, no bairro Conceição, Escola Governador Jesus Burlamaqui Hosannah, no bairro Floresta; e na zona Norte, a escola  Osvaldo Piana, no bairro Nacional. Uma média de dois mil alunos. Mas a expectativa, segundo o subtenente Nascimento é expandir em 2018 as atividades do projeto para outras escolas.

As primeiras abordagens do projeto começaram com os PMs na escola conversando, sendo visto dentro da unidade, conhecendo os alunos, professores e direção e a partir dai o projeto foi implantado com a atividade de fazer a Hora Cívica. “Nessas escolas fazemos um trabalho de prevenção com os adolescentes e jovens, procuramos desenvolver atividades que despertem eles para uma vida sem violência, com mais amor ao próximo”, destacou o sargento Valmir.

A vice-diretora Evelin Pereira da Costa destacou que todo o projeto é feito em parceria com a escola e a melhoria foi vista logo no início das atividades, com alunos mais disciplinados e pais mais tranquilos por saberem que seus filhos estão seguros na escola. “Muitos pais vem aqui agradecer a gente essa parceria que a escola fez com a PM”.

A orientadora da escola Ângela dos Santos disse que o projeto é ótimo é um incentivo para os alunos, que melhoraram seus desempenhos na sala de aula.

Fonte Texto: Marilza Rocha

Fotos: Jeferson Mota

Secom - Governo de Rondônia

Jornalista Lenilson Guedes